Como Escolher A Melhor Ração Para o Teu Cão!

09 Feb 2018 12:50
Tags

Back to list of posts

Conversando com outros donos de cães e acompanhando comunidades pela web afora, vejo que uma indecisão muito comum entre os proprietários é a respeito como escolher a melhor ração pro cão entre as imensas opções que existem no mercado. É fácil captar o motivo de tanta dúvida, uma vez que existem rações dos mais diversos tipos, preços, características e finalidades. Tendo como exemplo, existe ração específica pra raça, a título de exemplo, Golden Retriever. Assim como temos rações light, rações pra cães "esportistas", por porte (anão, médio, extenso ou gigante), pra cães com problemas de saúde (exemplo, rins), para gestantes e até mesmo papinhas pra desmame de filhotes.Diante tanta opção e tantas dúvidas, irei discursar um pouco mais a respeito de algumas das principais rações Superpremium mais consumidas na atualidade no mercado. is?3ahzXTGL8PedXT3sf3H6Q0i9ooFBCS4Rr6FvtnXilH8&height=214 Antes de dizer da cota prática do exercício dessas rações, é considerável comentar um tanto sobre isto esse mercado e as características que uma ração tem que ter pra ser considerada superpremium.Nesse caso, o consumidor é atraído pelo preço e na embalagem que diversas vezes diz frases do tipo: grande teor de proteínas. É importante saber que o que importa não é só o teor de proteínas (expresso em %), entretanto sim a tua peculiaridade (origem). Além do mais, o teor precisa ser calculado de forma diferente pra cada idade e porte do animal. Rações "Standard": são rações pouco mais caras que as de combate, todavia também de insuficiente valor nutricional, resultando em quase todos os mesmos transtornos ocasionados pelas de duelo.Seis - Esteja presente22 Um Encontro EspecialLeite de sojaCom os pés pela África - Autor(a): Sérgio Túlio Caldas - Editora: Editora Moderna244 Artigo a respeito de Sandra Mara Albuquerque BossioAgo.2014 - Filhotes de leão branco no zoológico de La Fleche, na França Jean-François/AFPVera Regina falou: Dez/09/doze ás 00:Trinta e seteMulheres de Verdade têm CurvasRações "Comerciais": são rações que, como o respectivo nome diz, possuem potente estratégia de marketing, como embalagens bonitas, coloridas, com imagens de lindos cães ou gatos, normalmente de marcas famosas e com propaganda pela tv. Rações Premium: são rações de legal particularidade e de um preço ainda acessível. Essas rações neste momento vêm com diferentes formulações.No caso de cães são de acordo com seu porte, idade e estado nutricional (ex.: rações light e sênior). Se forem para gatos neste instante acha-se as light e as sênior, além de apresentarem controle do pH urinário (visto a suscetibilidade dessa espécie em expor disfunções do Aparelho Urinário. No caso de rações premium as fezes imediatamente apresentam-se menores, no entanto esse alimento não previne tártaro, doenças articulares, dentre outras.Rações High-Premium, Premium Plus ou Premium Especial: são rações premium com alguma vantagem a mais. Elas assim como são elaboradas de acordo com a idade e porte do animal e no caso de felinos, bem como vêm com controle do pH urinário. Como vantagens (segundo a marca) poderá-se descobrir: precaução do tártaro, perda do volume e odor das fezes, altos teores de ômegas (resultando em pelagens mais exuberantes), dentre novas.Rações Super Premium: são rações chamadas como "primeira linha", por serem completas para os diferentes tipos de cães e gatos. Nesse caso, e também serem formuladas segundo a idade, o porte e muitas vezes a raça do animal, elas assim como possuem atributos respeitáveis pra sua saúde. A alimentação de um pet é um investimento.Animais bem alimentados ficam doentes com menos freqüência e têm mais oportunidades de atingirem uma longevidade. Por exemplo, um filhote em pleno desenvolvimento necessita de proteínas e minerais suficientes para uma interessante geração do esqueleto, equanto um animal idoso neste instante começa ter declínio de suas funções orgânicas, precisando menos de acordados componentes.Sem esquecer que em cada fase da existência animal as necessidades e quantidade de ração variam para que suas necessidades sejam supridas. Após consumido, o alimento passa pelo trato gastrointestinal (no caso de monogástricos) e sofre ação de numerosas enzimas. is?WQ4uHVKXY4PQhfUKxW_k0olW-q9ShkZ4i_VZC49ALC0&height=217 Hoje em dia, com um mercado mais exigente e pouco mais informado, acredita-se que enfim os alimentos são avaliados pela sua propriedade pela digestibilidade e não pelos teores de proteína.Altos teores de proteína são capazes de dispor baixa digestibilidade e serem perdidos em extenso quantidade nas fezes e urina. São capazes de também causar alguns dificuldades a saúde do animal, sem contar em acrescentamento extenso da ligação custo/privilégio e ausência de balanço com os demasiado nutrientes que são de vital relevância para a manutenção do metabolismo e fisiologia animal correta. Dessa forma, carecemos a todo o momento nos preocupar com a digestibilidade de cada alimento e não com os teores que ele retém. Agora se o alimento tem sensacional digestibilidade, aí sim vamos para um segundo passo de avaliação, que são os níveis de garantia existentes na ração.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License